sábado 22 de julho de 2017

Hurtmold

Hurtmold

No dia 22 de julho, a banda paulistana Hurtmold se apresenta no Auditório Ibirapuera, num show que destaca o lançamento em vinil do disco Cozido, de 2002. O sexteto é formado por Fernando e Mário Cappi (guitarra), Guilherme Granado (teclado, vibrafone e voz), Marcos Gerez (baixo), Maurício Takara (bateria e trompete) e Rogério Martins (percussão e clarone).

Amigos antes de pertencerem ao grupo, os integrantes deixaram que a Hurtmold os aproximasse ainda mais ao longo do tempo. Guilherme explica que essa relação fez da continuidade da banda algo simples e, quando questionado sobre o significado dos quase 20 anos juntos, conta: “Pra gente é tão natural, é só um número, sabe? Éramos amigos antes de formar a banda, continuamos sendo hoje. Desde que o Cozido saiu, a Terra acabou dando 15 voltas ao redor do Sol. A gente nunca planejou detalhadamente nada, não com esse objetivo de chegar a um lugar específico. Começamos a fazer o que a gente faz e agora estamos aqui”.

O vinil é um antigo afeto do grupo. Guilherme explica que foi nesse formato que eles começaram a conhecer música e que é nele que ainda hoje preferem consumir. Por isso, sempre planejaram o lançamento dos discos nesse suporte. Após um período em que a produção de LPs era praticamente impossível no Brasil, a banda aos poucos leva seus álbuns para esse universo. Depois de Mestro, de 2004, agora chega a vez de Cozido, de 2002, obra que, segundo o vocalista, “deu espaço para mudanças que formam o que a gente faz até hoje”.

Entre uma grande diversidade de gêneros presentes na música brasileira, a Hurtmold toca rock. “Eu gosto de falar que é rock no sentido de uma música que apareceu bastarda, nunca teve regras rígidas”, explica Guilherme. “Um monte de gêneros tem regras de notas, do jeito de tocar, de escalas. O rock é o tipo de música que não é tão fechada.”

O repertório do show do dia 22, como o das outras apresentações da banda, ainda não está fechado. Com uma discografia composta de sete discos, o grupo prefere não se limitar a setlists elaboradas com antecedência, mas sim decidir pelas músicas a ser executadas pouco antes de eles subirem ao palco – ou ainda enquanto estão nele.

 

Compre aqui o seu ingresso.

  • Dia:

    sábado 22 de julho de 2017

  • Horários:

    às 21h

  • Duração:

    75 minutos (aproximadamente)

  • Ingressos:

    R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)

  • Classificação Indicativa:

    livre para todos os públicos

  • bilheteria

2017 Auditório Ibirapuera - Alguns direitos reservados