O Prédio

Após onze anos de existência, o Auditório Ibirapuera está incorporado ao circuito cultural brasileiro como uma opção atraente para o público que procura lazer cultural de qualidade. Como se poderia esperar de um projeto arquitetônico de Oscar Niemeyer, o espaço também é ícone turístico da cidade e coqueluche dos arquitetos e urbanistas nacionais e internacionais. O edifício completa o conjunto do Parque Ibirapuera, desenhado na década de 1950 por Niemeyer. Da proposta original, falta apenas a praça de acesso.

Construído em concreto branco armado, o edifício se caracteriza pela simplicidade volumétrica do bloco único que em planta é um trapézio e, em corte, um triângulo. Da porta de entrada do Auditório sai uma espécie de língua de fogo, escultura do próprio arquiteto, chamada de Labareda.

Na parte interna, um amplo e alvo foyer no qual serpenteia um longo corrimão de madeira com base em ferro que acompanha a passarela em caracol que leva à plateia do auditório. Ao fundo, se impõe uma imensa onda, também vermelha. Trata-se de outra escultura, esta assinada por Tomie Ohtake.

No interior do auditório, o palco merece destaque especial pela grande boca de cena, com 28 metros, além dos 15 metros de profundidade, 28 metros de altura e 50 metros de comprimento.

A capacidade interna para o público é de 800 lugares (14 deles para cadeirantes e 46 para obesos – veja mais abaixo, na ficha técnica). A acústica impecável é proporcionada por filetes de madeira em relevo em todas as paredes do espaço.

Além disso, uma porta de 20 metros de comprimento por 6 de largura, feita em chapa de ferro com tratamento acústico, localizada no fundo do palco, pode ser aberta por meio de dois motores que a erguem em um sistema de roldanas e contrapesos. Isso permite que os espetáculos se voltem para a plateia externa e sejam acompanhados, gratuitamente, por mais de 15 mil pessoas, entre público e frequentadores do parque.

Em consonância com o Plano Diretor do Parque Ibirapuera, essas apresentações são gratuitas e acontecem nas manhãs de domingo, em harmonia com a natureza e sempre respeitando as necessidades do ecossistema local.

 

Informações técnicas − Auditório Ibirapuera

Autor do projeto: Oscar Niemeyer

Data do projeto: 1954

Conclusão da obra: 2005

Área construída: 7 mil metros quadrados

Área projetada (metragem do piso térreo): 4.870 metros quadrados

Palco: 28 metros de altura, 50 metros de comprimento, 15 metros de profundidade, 28 metros de boca

Porta guilhotina: 20 metros

Gerenciamento: Kel Engenharia

Construtora: OAS

Iluminação: Peter Gasper

 

2012 Auditório Ibirapuera - Alguns direitos reservados