Como é o ditado não há mal que sempre dure?

Perguntado por: egoncalves . Última atualização: 19 de maio de 2023
4.9 / 5 20 votos

Mario Sergio Cortella - 'Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe' - CBN.

Confira: 1) A pressa é a inimiga da perfeição – mostra que é necessário ter paciência e fazer as coisas devagar para alcançar os objetivos. 2) A corda sempre arrebenta do lado mais fraco – indica que pessoas com classe social considerada mais baixa em relação à outra são prejudicadas primeiro.

Onde não estamos é que estamos bem. Já não estamos no passado, e então ele parece-nos belíssimo.

Estar de bem com a vida é saber aceitar todas as coisas que não podemos mudar. Quem vive de bem com a vida jamais se preocupa com as críticas alheias. Ficar de bem com a vida é saber que perfeição não existe, que nem todos gostarão de nós, e ser feliz mesmo assim.

Uma expressão do português que tem a conotação de: "Como diz a maioria das pessoas" ou "como é a crença popular" ou de acordo com algum ditado popular. Exemplo de uso da palavra Como se diz: Como se diz: "Quem com ferro fere, com ferro será ferido".

As frases de reflexão são todas aquelas que, quando encontramos, nos soam como um recado. São similares a espelhos inesperados, que assustam ao revelar, num repente, uma imagem da identidade. Mesmo o texto de uma bula de remédio pode nos fazer refletir.

Respeito ao próximo é compaixão, empatia, é respeitar a si mesmo, entender o lado do outro, não julgar uma pessoa por que ela pensa diferente de você, tem uma cor de pele diferente, um cabelo que não é igual ao seu ou ao padrão que o mundo colocou como “certo” na sociedade.

"Já diz o velho e conhecido refrão popular: de onde menos se espera vem o seguro, não não… O perigo morreu de velho… Não não, o seguro morreu de perigo porque estava velho de onde menos se espera…

Ditados populares antigos, como “Deus ajuda a quem cedo madruga”, são altamente propagados na sociedade e reforçam esta visão.

A expressão “Quem tem boca vai a Roma” quer dizer que, perguntando, é possível ir a qualquer lugar do mundo.

Ditados populares
Quem não chora não mama. Em boca fechada não entra mosca. Mais vale um pássaro na mão, que dois voando. Santo de casa não faz milagre.

Quem vê cara não vê coração. Esta expressão, tão popular, é usada quando queremos dizer que algo ou alguém nem sempre é aquilo que aparenta.

Palavras relacionadas: empoderamento, autonomia, autoestima, resiliência, assertividade, proatividade, flexibilidade, empatia, perseverança, coragem, integridade, gratidão, respeito, confiança, liberdade.

As palavras são ferramentas extremamente importantes da nossa comunicação. Elas têm um grande poder, sendo capazes de motivar, levantar, emocionar, aproximar, decepcionar, magoar, afastar e derrubar. Dependendo do que e de como falamos, podemos tanto agradar quanto desagradar quem nos ouve.