E normal sentir muita fome quando está amamentando?

Perguntado por: rapolinario7 . Última atualização: 22 de fevereiro de 2023
4.5 / 5 17 votos

Com demanda aumentada de água no organismo é possível sentir mais fome e sede e, por isso, a mulher que está amamentando pode ficar mais desidratada que o normal.

O organismo gasta mais calorias que o normal
Outro efeito da amamentação sobre o corpo da mulher é que, por algum tempo, será mais fácil perder peso. Isso acontece porque a produção de leite gasta muita energia do organismo materno, queimando cerca de 200 a 500 calorias a mais por dia.

Não é preciso fazer uma dieta especial quando se amamenta, mas a alimentação deve ter equilíbrio nutricional. Isso significa ingerir muitas frutas e legumes, grãos integrais como aveia e arroz, além de cereais e pães identificados como "integrais" ou de "trigo integral".

Os alimentos que devem ser evitados na amamentação pela mãe que amamenta são alimentos como frituras, embutidos, queijos gordos, refrigerantes, bolos ou biscoitos, por exemplo, porque têm grandes quantidades de gorduras e açúcares. Existem ainda alimentos que são proibidos, como as bebidas alcoólicas.

Café-da-manhã
Carboidratos: pães integrais ou tapioca ou crepes integrais. Proteínas: ovos cozidos, mexidos ou omeletes e pasta vegetal de amêndoas. Estas proteínas podem ser colocadas nos carboidratos mencionados acima. Gorduras: a mulher pode ingerir manteiga ou azeite de oliva.

Por serem importantes fontes de cálcio, recomenda-se que as mães que amamentam consumam 3 ou mais xícaras de leite ou produtos lácteos todos os dias. No entanto, vale ressaltar que as mães que amamentam não precisam beber leite extra para aumentar a produção de leite materno, a água sim é que pode trazer esse efeito.

Alimentos normalmente não fazem mal à criança. A mãe deve comer de tudo, principalmente frutas e verduras. Somente se o bebê responder mal é que a mãe deve ficar atenta a algo em particular”, acrescenta o professor.

O ato de amamentar, emagrece a mãe? Em suma, de acordo com estudos realizados pela Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, comprovaram que o ato de amamentar emagrece porque a produção de leite no organismo ocasiona em uma grande quantidade de queima de calorias.

Em quanto tempo o útero volta ao normal? De modo geral, 6 semanas é tempo suficiente para que o útero volte ao tamanho e peso normais. No primeiro dia pós-parto ele já se encontra na cicatriz umbilical e após 10 dias ele está na sínfise púbica ( ao nível do osso púbico, logo acima dos pelos pubianos).

As mães que amamentam podem perder até dois quilos por mês. O esforço exigido pelas glândulas mamárias na produção do leite chega em torno de 600 a 800 mililitros diários. A atividade é tão intensa que pode gerar a perda de 800 calorias, que seria o mesmo que 30 minutos de caminhada.

Além de consumir alimentos ricos em fibras, a dieta pós-parto também deve ter vitaminas, ferro e minerais. “O segredo é evitar industrializados, ultraprocessados, açúcar, gorduras ruins e calorias vazias.

Nesses casos, o agravante está relacionado ao tempo em que o chocolate fica no leite materno. Por sinal, ele permanece presente por cerca de 2 horas após sua ingestão. Sendo assim, é importante comer pequenas quantidades, aproximadamente 28 g do alimento.

Evite ingerir fritura, chocolate, refrigerante e alimentos muito condimentados. Eles costumam produzir gases intestinais no seu filho, aumentando a cólica.

Alimentos ricos em cálcio
O principal benefício que podemos ter com a ingestão diária adequada de cálcio é o fortalecimento dos dentes e ossos do bebê e da mãe. Os principais alimentos que são ricos em cálcio são os leites, iogurte, sardinha, queijos, aveia, gergelim e brócolis.

A fruta tem grande valor nutritivo e é rica em vitaminas e fibras, logo, é benéfica para mãe e filho. A única orientação médica em relação ao assunto é que não haja exagero no consumo do alimento.

A alimentação da mãe durante a amamentação deve conter essencialmente alimentos in natura ou minimamente processados. No período de aleitamento materno, a mulher deve dar preferência a comidas feitas em casa e pratos que incluam alimentos naturais como frutas, legumes, verduras, arroz, feijão, carnes e ovos.

Alimentos que estimulam a produção do leite materno

  • Alimentos úteis para estimular a Lactação: – Arroz Integral. – Aveia. – Canjica. – Castanhas. – Milho e Derivados. ...
  • Frutas úteis que estimulam a Lactação: – Amoras. – Morangos. – Laranja-lima. – Lima-da-pérsia. ...
  • São recomendados também: – Amendoim. – Banana. – Côco. – Figo.

Se a mãe está amamentando e não está emagrecendo, ou até mesmo se está engordando, é porque está se alimentando de forma errada. “Muitas mulheres abusam do refrigerante e dos doces. Outras ficam muito tempo sem comer e depois descontam na próxima refeição.