O que são gastos fixos e variáveis e dar exemplos?

Perguntado por: ibittencourt . Última atualização: 24 de abril de 2023
4.7 / 5 12 votos

Fixas são as despesas que não variam em função da produção. Já as variáveis, é claro, são as que variam conforme sua empresa produz maiores ou menores quantidades. Exemplos de despesas fixas: gastos com segurança, manutenção do prédio, aluguel, entre outros.

Custos fixos são aqueles que não têm variação, independentemente do volume de produção ou vendas de uma organização em um período específico ou mesmo com as mudanças de atividades comerciais. Entre os principais exemplos estão aluguel, salários dos colaboradores, seguros, contas de serviços essenciais, etc.

Os custos variáveis são os custos que estão relacionados ao volume de vendas ou produção, ou seja, quanto maior é o volume de vendas, maior será o custo e vice-versa. O gestor da empresa é o responsável por saber os custos variáveis para identificar possíveis otimizações que incrementarão a margem de contribuição.

São os gastos que permanecem constantes, independente de aumentos ou diminuições na quantidade produzida e vendida. Os custos fixos fazem parte da estrutura do negócio.

Ao contrário do custo fixo, os custos variáveis, como o próprio nome sugere, são aqueles que variam de acordo com a produção ou vendas da empresa. Nesse sentido, tratam-se de custos que estão ligados diretamente à operação da organização. Ou seja, quanto maior a produtividade, maior os custos variáveis.

O primeiro passo a se fazer é identificar os custos fixos e os variáveis; Escolha um período de tempo e some todos as despesas variáveis de um período; Depois, faça a divisão das despesas variáveis pelo volume de produção.

Para descobrir o custo variável unitário de cada produto vendido no seu e-commerce, aplique a fórmula: v=V/Q. v: representa o custo variável de cada produto. V: corresponde ao custo variável total de um determinado período. Q: é a quantidade de vendas realizadas.

As receitas variáveis têm valor ou mesmo presença inconstante no orça- mento. Elas podem ser previstas ou inesperadas, pode-se ficar meses sem recebê-las, e seu valor pode variar bastante. Por exemplo, comissões de vendas, gorjetas, gratificações, palestras remuneradas, serviços extras nas horas vagas etc.

Alguns exemplos de custos fixos são: o aluguel do espaço físico, salários dos funcionários, luz, água, internet, entre outros. Ou seja, mesmo que a empresa não venda nada, ela ainda terá que pagar esses custos.

Os custos são gastos que estão ligados diretamente à produção e vendas, enquanto as despesas são todos os gastos fundamentais para a manutenção das atividades da empresa. Exemplos de custos são: salários dos funcionários da linha de produção, matéria-prima, comissões para vendedores.

Os custos fixos são aqueles que não mudam independentemente da quantidade de produtos ou serviços vendidos, como aluguel, salários de funcionários e contas de energia elétrica. Os custos variáveis são aqueles que mudam com a quantidade de produtos ou serviços vendidos, como materiais de produção e transporte.

Uma fábrica de peças automotivas tem um custo fixo de R$ 5.000. Essa empresa vai ter um custo variável de 4 reais por cada peça produzida. Se a indústria produzir 500 peças por mês, o custo ficará o seguinte: Custo total = R$ 5.000 (custo fixo) + R$ 4 x 500 (custo variável) = R$ 7.000.

As despesas fixas podem ser consideradas aquelas que não têm relação direta com o custo do produto. Isso quer dizer que elas não dependem das vendas ou dos custos. Elas sempre serão as mesmas. A despesa fixa refere-se aos gastos que são constantes, isto é, a empresa sabe que devem ser pagos mensalmente.

Custos referem-se aos gastos relacionados diretamente à produção de bens ou serviços, enquanto despesas são gastos relacionados à operação da empresa, mas que não estão diretamente ligados à produção.

São exemplos de custos fixos o salário de funcionários, o aluguel de máquinas ou equipamentos envolvidos na confecção de produtos ou prestação de serviços, a manutenção de equipamentos, além de outros gastos envolvidos na fabricação de um produto ou prestação de serviço que se mantém fixos.

Em contabilidade e economia, os custos fixos, também conhecidos como custos indiretos, são despesas comerciais que não dependem do nível de bens ou serviços produzidos pela empresa. Eles tendem a ser recorrentes, como juros ou aluguéis pagos por mês.

Despesas fixas mensais
São aquelas contas que já sabemos o valor. Entra mês, sai mês e elas estão lá.