Quais são os problemas de coluna que aposentam?

Perguntado por: mjordao . Última atualização: 21 de fevereiro de 2023
4.2 / 5 4 votos

5 Doenças da Coluna que geram Aposentadoria por Invalidez no INSS

  • Osteofitose. A osteofitose é a doença em que aparecem osteófitos ao redor do disco da coluna vertebral. ...
  • Discopatia degenerativa. ...
  • Protusão discal. ...
  • Cervicalgia.

Quando o desgaste na coluna aposenta? Na verdade, existem casos onde o desgaste na coluna aposenta, geralmente quando é grave e provoca problemas de saúde na vida da pessoa. No entanto, vai depender da perícia médica constatar se o desgaste é ou não passível de aposentadoria.

Se as doenças na coluna são crônicas, incapacitam e afetam a vida diária do segurado, a chance de êxito de uma aposentadoria por invalidez é alta. Para isso, é preciso comprovar a incapacidade para o trabalho e para a vida independente.

CID M54.5 é o código para Dor lombar baixa, conforme a Classificação Internacional de Doenças. Destaco neste artigo o significado e os procedimentos a serem adotados para atendimentos com essa classificação.

O portador da CID 10 M51. 1 pode ter direito a auxilio doença ou aposentadoria por invalidez, desde que a enfermidade esteja atestada em laudo médico e seja confirmada na perícia formulada pelo INSS ou pela Justiça Federal.

A discopatia é sinônimo de doença degenerativa do disco intervertebral e não tem cura.

No Brasil, a hérnia de disco é uma das doenças da coluna que mais causam afastamento seja por auxílio doença ou por aposentadoria por invalidez.

Quais são os sintomas de uma coluna inflamada?

  • Dificuldade para realizar movimentos com o pescoço;
  • Sensação de dormência no ombro, braço, cotovelo, mão ou dedos;
  • Fraqueza em um dos braços;
  • Fraqueza nas pernas;
  • Alteração no funcionamento do intestino ou bexiga;
  • Dor ou dificuldade para respirar;
  • Incontinência urinária.

Lembre-se sempre de falar quais são as suas dificuldades hoje para trabalhar. Ou seja, é necessário explicar ao perito que a sua capacidade de trabalho está comprometida com a enfermidade. Isto é importante porque o que dá direito a um benefício previdenciário é a incapacidade e, não, a doença.

60%

Hoje, um segurado do INSS que se aposenta por incapacidade permanente recebe 60% do salário de benefício, com acréscimo de dois pontos percentuais para cada ano de contribuição que exceder o tempo mínimo (20 anos homens e 15 anos mulheres).

O que é hérnia de disco
A localização mais comum da hérnia de disco lombar é no disco que fica entre a quarta e quinta vértebra lombar (L4/L5) e no disco que fica entre a quinta vértebra e o sacro (L5/S1).

Assim, se o seu laudo médico indica apenas abaulamentos, não adianta nem apresentar pedido de benefício, porque ele vai ser negado. A aposentadoria, portanto, só pode ser concedida se houver protusão discal ou no terceiro estágio, que á formação da própria hérnia de disco.

“As doenças degenerativas da coluna são doenças que decorrem de processos de desgaste dessas estruturas. Os acometimentos mais comuns são degeneração dos discos intervertebrais, protusões e hérnias de disco, artrose facetária ou artrose da coluna, estenose do canal vertebral e escoliose degenerativa”, afirma.

Sim. Uma pessoa com hérnia de disco pode ser aposentada por causa desse problema.

Fatores como hérnia de disco ou alterações degenerativas na região lombar estão entre as causas. Conforme o DATASUS, o código M51.1 é especificado como Ciática devida a transtorno de disco intervertebral, e exclui a CID M54.1 – Radiculite lombar SOE.

CID M51 é o código para outros transtornos de discos intervertebrais, conforme a Classificação Internacional de Doenças.

M54 - Dorsalgia - Conclínica.

salário de benefício (100% da média aritmética dos seus salários); aplica-se a alíquota de 91% (por exigência da lei); esse valor é limitado à média dos 12 últimos salários de contribuição; o valor desta conta é a RMI, o valor inicial do auxílio-doença.

Dentre os exames, estão a Ressonância e a Tomografia. Com a ressonância é possível avaliar se as partes moles foram afetadas, como um disco intervertebral, que causa dores intensas ou agudas. Já a Tomografia o médico será capaz de investigar traumas, fraturas, tumores, metástases ósseas, artrose e compressão da medula.

O que é lombalgia? É quando uma pessoa tem dor na região lombar, ou seja, na região mais baixa da coluna perto da bacia. É também conhecida como “lumbago”, “dor nas costas”, “dor nos rins” ou “dor nos quartos”. Não é uma doença.