Qual eo significado de vassalagem?

Perguntado por: oassis . Última atualização: 19 de maio de 2023
4.3 / 5 8 votos

[História] Relação de obediência que o vassalo deveria manter em relação ao senhor feudal; o imposto, preito, pago pelo vassalo ao senhor feudal, suserano; reunião, grupo ou conjunto de vassalos. Etimologia (origem da palavra vassalagem).

Assim, um vassalo é uma pessoa que tem uma obrigação mútua a um senhor ou soberano, no contexto do sistema feudal da Europa medieval.

c) Vassalagem: relação horizontal entre senhores a qual cria uma teia de alianças políticas e uma maior descentralização do poder. d) Servidão: relação entre senhores e servos a qual estabelece um acordo de proteção e ajuda econômica em troca de terras para o plantio.

Um Estado vassalo é um termo usado para designar qualquer estado que é subordinado a um outro, especialmente no contexto do sistema internacional pré-moderno (antes da Idade Contemporânea). O termo refere-se ao sistema feudal de relações de vassalagem entre o senhor feudal e o vassalo durante a Idade Média.

Vassala | Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa.

Qual a diferença entre um vassalo e um suserano na sociedade feudal? Suserano era quem cuidava e administrava os feudos e vassalo era a pessoa que recebia o feudo, e que com o tempo de trabalho passava a ser o dono da terra.

Vassalo significa súdito de um soberano.

Origem do sistema de vassalagem
O sistema de vassalagem teve origem durante a decadência do império romano, com a chegada dos povos bárbaros e, por consequência, de uma nova necessidade de organização. Consolida-se durante o período carolíngio (Carlos Magno) e atinge o seu apogeu no século XIII.

O feudalismo é um sistema político, social e econômico surgido na Idade Média após a decadência do Império Romano e das Invasões Bárbaras. A sociedade feudal era composta pelos senhores feudais, clero, nobreza, guerreiros e servos. Essa divisão era feita de acordo com o tamanho da sua autoridade.

A nobreza, formada pelos donos dos feudos ou senhores feudais, era a classe mais alta do feudalismo. Dona das grandes propriedades rurais, ela exercia poder absoluto sobre as demais classes. Dessa forma, a classe se dividia em suseranos, que eram os donos da terra, e vassalos, que eram os servos trabalhadores.

Assim, os acordos entre os mais e os menos poderosos chamavam-se suserania e vassalagem. Dessa forma, os pobres tornavam-se vassalos dos senhores, que, por sua vez, eram chamados de suseranos.

Conceito: Servidão é direito real sobre imóvel alheio que se constitui em proveito de um prédio, chamado de dominante, sobre outro, denominado serviente, pertencentes a proprietários diferentes.

O feudo era uma grande propriedade rural que abrigava o castelo fortificado, as aldeias, as terras para cultivo, os pastos e os bosques. Teve origem no Império Carolíngio, quando o rei precisava de aliados defender suas extensas fronteiras.

Até o século XV, o título “vassalo” era empregado para designar homens fiéis ao rei, aqueles que o serviam na guerra, sendo, portanto, cavaleiros ou nobres de títulos superiores. Em troca do apoio e serviços realizados, recebiam tenças (pensões), dadas, inicialmente, a todos os vassalos e seus filhos varões.

Vassalagem e suserania formavam um sistema sócio econômico da Idade Média entre um vassalo e seu suserano. Nesta relação de reciprocidade, o vassalo recebia terra, objetos materiais ou até mesmo um castelo de seu suserano. Em troca, o vassalo devia oferecer fidelidade absoluta e proteção ao seu suserano.

Em troca, o suserano garantia ao seu vassalo, o uso de domínio de terras, o direito de cobrança de pedágio em alguma localidade do feudo ou o exercício de um cargo. Era dessa forma que a nova relação social entre nobre estava firmada.

O feudalismo foi a forma de organização social e econômica instituída na Europa Ocidental entre os séculos V a XV, durante a Idade Média. Baseava-se em grandes propriedades de terra, chamadas de feudos, que pertenciam aos senhores feudais, e a mão de obra era servil.

A forma [nordestina]é [feminino singular de nordestino] .