O que e uma música fractal?

Perguntado por: orosa . Última atualização: 23 de janeiro de 2023
3.9 / 5 6 votos

Seu tema (ou núcleo) principal é repetido, repetido e repetido. Mas, talvez, uma propriedade dessa recorrência passe despercebida pelo ouvinte comum. Tal estrutura em forma sonora tem similaridade com diagramas e esquemas visuais que os matemáticos denominam fractais.

Existem três categorias principais de formas fractais: os fractais geométricos (possuem regras fixas de substituição geométrica); os definidos por uma relação de recorrência em cada ponto do espaço; e os fractais aleatórios [3].

São figuras geométricas muito loucas, produzidas por meio de equações matemáticas que podem ser interpretadas como formas e cores por programas de computador. Sua principal característica é a autossimilaridade. “Eles contêm, dentro de si, cópias menores deles mesmos.

frac·tal |àct| 1. [ Matemática ] Diz-se de objecto matemático cuja forma é irregular e fragmentada.

Fractais dos quatro tipos tem sido utilizados como base de arte e animação digital. Começando com detalhes bidimensionais, os fractais encontram aplicações artísticas variadas, como gerar texturas, simulação de vegetação e confecção de paisagens. Podem então evoluir para representações tridimensionais complexas.

Fractais são objetos em que cada parte é semelhante ao objeto como um todo. Isso significa que os padrões da figura inteira são repetidos em cada parte, só que numa escala de tamanho menor. Os flocos de neve são exemplos de fractais: cada ramo do floco parece com o floco inteiro.

O termo "fractal"foi criado em 1975 por Benoît Mandelbrot, matemático francês nascido na Polónia, que descobriu a geometria fractal na década de 70 do século XX, a partir do adjetivo latino fractus, do verbo frangere, que significa quebrar.

As principais propriedades que caracterizam os fractais são a auto-semelhança, a complexidade infinita e a sua dimensão. A auto-semelhança é identificada quando uma porção, de uma figura ou de um contorno, pode ser vista como uma réplica do todo, numa escala menor.

Fractais são memórias com cargas emotivas. Considerando que tudo que já vivemos ainda se encontra registrado em nosso inconsciente, um fractal é uma memória que ficou presa numa situação. Na primeira vez que você se sentiu abandonado, um fractal foi gerado.

Os fractais estão em todo o lado, incluindo no corpo humano – nos circuitos neuronais, nos pulmões, com a sua árvore respiratória de brônquios e bronquíolos, ou na extensa rede de vasos capilares, mostrando-nos que também nós fazemos parte da mãe natureza.

São os chamados Fractais de Alma ou Fragmentos de Alma, que associam nossa consciência e acompanham nosso ser ao longo da vida. Um fragmento de alma é um pedaço da nossa energia vital essencial que é perdida em encontros emocionais intensos.

Além disso, este tipo de geometria aplica-se em variados ramos como na Arte, na Astronomia, no Cinema, na Economia, na Hidráulica, na Geologia, na Meteorologia e até na Lingüística, onde a teoria dos fractais é utilizada na evolução dos dialetos.

Um objeto pode ser classificado como um fractal se possuir essas características: Auto semelhança, complexidade e dimensão. Eles podem ser encontrados na natureza como no floco de neve, relâmpagos, brócolis romanesco e na concha marinha.

Pela definição de Hausdorff-Besicovitch, a dimensão fractal pertence ao intervalo [0, 3] e, conforme estabelecido por Mandelbrot (1977), a dimensão fractal deve refletir a textura, consistência, completude e densidade do ente.

O algoritmo para o cálculo dessa dimensão considera uma figura qualquer coberta por um conjunto de quadrados, e calcula o número de quadrados necessários para cobrir toda a figura que é representado por N(s), sendo s a escala, ou seja, número de vezes que o lado da imagem será dividido.

5 Onde aparece os fractais? O conjunto fractal aparecem tanto no estudo dos problemas matemáticos, como no problemas relacionado aos estudos na natureza. Muitos objetos da natureza tem a estrutura recursiva e podem manter a dimensão fractal até uma escala considerável.

Felizmente, possuímos a capacidade de recuperação e liberação dos fragmentos da nossa alma através da disposição de desapegarmos energeticamente das situações, cujo aprendizado já tenha sido finalizado. É possível recriar um coração ou alma partidos através do perdão, aceitação e amor incondicional por si mesmo.

O Fractal 358 é um método criado por Rogério Araujo, CEO da ROAR Educacional Gestor Profissional de Investimentos, que mostra potenciais alvos para suas operações e locais onde aumentam os riscos de realizar uma operação.