Porque o recém nascido fica fazendo força?

Perguntado por: sapolinario . Última atualização: 22 de fevereiro de 2023
4.6 / 5 2 votos

Se o seu bebê faz muita força, fica vermelho, chora muito, geme e mesmo com as fezes amolecidas demora até 20 minutos para conseguir evacuar, isso pode indicar a presença da disquesia. Muitas vezes a disquesia pode se confundir com as cólicas tão comuns nessa fase.

Esse período se dá normalmente entre os 15 dias e 90 dias de vida. Choro de fome, frio, calor, molhados ou assustados é normal também entre estes dias, porém o choro de cólicas é característico, o bebê se espreme, fica vermelhinho, bastante irritado e tende a durar até três horas seguidas.

Muitas vezes confundidas com as cólicas, a principal diferença entre elas é que na disquesia, o alívio é imediato após a eliminação das fezes e na cólica, nem sempre isso acontece.

Se você suspeita que seu bebê está com cólica, preste atenção se ele:

  1. Encolhe e estica as pernas.
  2. Arqueia as costas.
  3. Mexe os braços e pernas.
  4. Fica o rosto corado ou avermelhado enquanto chora.
  5. Fecha as mãozinhas.
  6. Parece estar com dor.
  7. Está com a barriga inchada e solta gases.

Se notar movimentos repetitivos de flexão ou extensão do corpo, causados por espasmos musculares, procure o pediatra. É assim que se manifesta a Síndrome de West, uma condição epiléptica severa que pode afetar crianças de até 2 anos, mas ocorre principalmente entre o 2º e 12º mês de vida.

Alimentos que ajudam a regular o intestino preso
Se o bebê já tiver com quatro meses de idade, a mãe pode oferecer sucos laxativos. A nutricionista Andréia de Avelar dá a receita: laranja lima, mamão, ameixa preta e farinha de linhaça. Bata tudo no liquidificador e ofereça ao bebê quando ele estiver obstipado.

Algumas formas de criar uma rotina para dormir são:

  1. Fazer uma massagem relaxante;
  2. Dar um banho antes de dormir;
  3. Amamentar à meia-luz;
  4. Reduzir a luz do quarto;
  5. Ligar o ruído branco;
  6. Cantar uma canção de ninar;
  7. Contar uma historinha.

Se o seu bebê faz muita força, fica vermelho, chora muito, geme e mesmo com as fezes amolecidas demora até 20 minutos para conseguir evacuar, isso pode indicar a presença da disquesia. Muitas vezes a disquesia pode se confundir com as cólicas tão comuns nessa fase.

- A disquesia pode levar até 30 minutos, e nesse momento a família deve manter a calma, acolher o bebê, e isso, vai refletir para que ele relaxe o corpo e consequentemente evacue.

Tudo isso pode ser normal. Ele pode também, quando sentir vontade de fazer cocô, fazer muita força, ficar vermelho, chorar, gemer, levar até 20 minutos para conseguir evacuar, mesmo com as fezes moles. Isso tem nome científico: DISQUESIA.

O que fazer? Normalmente nada. É uma situação que se resolve com o passar do tempo. Mas para os bebês que estão muito desconfortáveis, recomendamos massagens abdominais e estímulo retal com cotonete.

Se vc conhece algum bebê que faz bastante força e parece que não consegue fazer cocô, mas ao mesmo tempo faz cocô mole várias vezes ao dia estamos falando da disquesia do Lactente ou popularmente conhecido como espremedeira. cólicas.

Quando o bebê está com gases ele pode sofrer de cólicas e demorar a pegar no sono. Nesse caso, é recomendado fazer alguns truques para diminuir os gases do bebê antes durante esse período, sendo assim ele pode dormir seguro com a barriga para cima.

O mal-estar, ou seja, as contrações da musculatura abdominal, duram em média três meses, pois esse é o tempo que o organismo do bebê leva para amadurecer o tubo digestivo.

Dessa forma, muitos recém-nascidos fazem cocô após cada sessão de amamentação, totalizando oito ou 10 fraldas sujas por dia. É natural que o recém nascido evacue a cada mamada, mas isso não é uma regra.

Mas quais são os alimentos que causam cólicas no bebê? Os principais são os produtos lácteos, a soja, o trigo, ovos, os crucíferos, as frutas cítricas, o café e o chocolate¹. Somente esse fator já seria suficiente para ressaltar a importância de a lactante seguir uma dieta adequada a sua situação.

Para evitar cólicas no bebê, é importante que a mãe não coma em excesso alimentos que provocam gases, como feijão, ervilhas, nabo, brócolis ou couve-flor, por exemplo. Além disso, o uso de alguns chás na amamentação também pode provocar cólicas no bebê.

O bebê geme durante o sono por motivos que podem ter origem em nariz entupido, gazes, sonhos e costume de dormir na cama dos pais.

Segundo os cientistas, esses movimentos promovem o desenvolvimento do sistema sensório-motor, que inclui a coordenação mão-olho, atrelado ao controle corporal do bebê.

Dor causada por gases
Você vai notar que o bebê se "espreme" e se contorce, e parece ter alívio quando solta um pum ou quando consegue fazer cocô. Ele também pode começar a chorar no meio de uma mamada. Algumas sugestões: Ponha o bebê para arrotar depois de cada mamada.

Quando começa a ficar com fome, o bebê tende a se espreguiçar mais. Além disso, o pequeno fica mais agitado e passa a se mexer mais. O bebê também começa a virar o rostinho para os lados, como se estivesse procurando o seio ou a mamadeira. Já quando está com muita fome, o bebê tem algumas reações diferentes.