Quais as características que um professor-mediador deve ter?

Perguntado por: rbarros . Última atualização: 21 de fevereiro de 2023
4.3 / 5 10 votos

Vejamos as três principais:

  1. 1 – Intencionalidade e reciprocidade. O mediador precisa querer ensinar o conteúdo com tal paixão e decisão que fará tudo o que estiver ao seu alcance para explicar da melhor forma possível. ...
  2. 2 – Transcendência. Não basta aprender para fazer uma prova. ...
  3. 3 – Mediação do significado.

O mediador escolar deve ter uma relação harmoniosa e interativa com o professor e o aluno; além disso, deve ter aptidões e habilidades interpessoais para desenvolver e manter relações de trabalho eficaz com as crianças, família e demais profissionais da escola; com isso inclui também saber respeitar e compreender as ...

Como mediador, o professor precisa questionar as crianças, estimulá-las a refletirem sobre a informação a qual estão sendo expostas e, principalmente, ensinar o educando a construir o seu próprio conhecimento, de maneira crítica e autônoma.

O mediador pode atuar como intermediário nas questões sociais e de comportamento, na comunicação e linguagem, nas atividades e/ou brincadeiras escolares, e nas atividades pedagógicas, nas limitações motoras ou da leitura, nos diversos níveis escolares.

Também o professor é o mediador responsável pela estrutura que favorece sua aprendizagem. Tal estrutura possibilita que a criança seja mediada por meio dos signos e instrumentos, ao entrar em contato, pela interação, com as brincadeiras e pelas diversas experiências.

Através do lúdico, o educador pode desenvolver atividades em que haja uma interação maior entre os educandos favorecendo-os a aprendizagem de forma divertida ensinando-os a compreender os valores éticos, morais, tornando-os conscientes de seus direitos e deveres de como ser responsável.

O papel do pedagogo é diagnosticar as reais causas dos conflitos, buscar soluções, avaliar ações e o melhor procedimento para solucionar os conflitos, nunca desistir diante de conflitos e fracassos e buscar sempre alternativas por meio da troca de experiências e da busca de informações.

A mediação escolar não compreende somente a resolução de conflitos, mas também a prevenção e transformação dos alunos; assim, é fundamental a sensibilização de todos para a inclusão e compreensão da prática da mediação no espaço educacional, visto que, essa ferramenta representa um processo construtivo, educativo e ...

Qual o papel do conciliador/ mediador? O Conciliador/Mediador é um terceiro imparcial que, com o emprego de técnicas autocompositivas, facilita o diálogo entre as partes, estimulando o desenvolvimento de soluções aceitáveis pelas partes.

Conheça as 6 técnicas de mediação de conflitos mais eficazes

  • Escuta ativa. Um dos principais trabalhos do mediador é esclarecer os conflitos trazidos a uma sessão, utilizando uma técnica específica para ouvir os fatos expostos por cada litigante. ...
  • Rapport. ...
  • Sessões individuais (caucus) ...
  • Brainstorming. ...
  • Parafraseamento. ...
  • Resumo.

Expressão que se refere, em geral, ao relacionamento professor-aluno na busca da aprendizagem como processo de construção de conhecimento, a partir da reflexão crítica das experiências e do processo de trabalho.

O professor deve ter uma relação mediadora nesse processo de atividades lúdicas e a prática pedagógica, para que ocorra uma aprendizagem significativa e não seja somente uma forma de diversão da criança.

O Professor de Educação Infantil deve organizar atividades em que o bebê ou a criança possa desenvolver habilidades e competências, tais como imaginação, capacidade de expressão, linguagem corporal, curiosidade, música, escrita entre outras.

O PAPEL DO MEDIADOR ESCOLAR
O mediador pode levar a criança a detectar variações por meio da diferenciação de informações sensoriais, como visão, audição e outras; reconhecer que está enfrentando um obstáculo e identificar o problema10,11.

O professor pode fazer uso do lúdico em diferentes situações dentro da sala de aula, incluindo jogos e brincadeiras, podendo ser um instrumento norteador, no processo de ensino/ aprendizagem de cada disciplina, com a intenção de fazer com que o aprendizado se torne algo sedutor.

O docente, responsável pela sistematização desse processo, pode oportunizar às crianças uma forma dinâmica e prazerosa de aprender, pois, a educação pela via da ludicidade propõe um aprender brincando, inspirando uma concepção de educação para além da instrução, ou seja, para a autonomia do aprendiz.

Para essa aprendizagem ativa e lúdica, devemos incentivar o uso da imaginação, propondo opções de objetos sem comandos, e deixar que as crianças organizem a brincadeira e suas idéias. A criança deve estar livre para construir a sua própria história, ser crítico em suas brincadeiras.

Conceito utilizado para caracterizar o professor que trabalha com a mediação pedagógica, significando uma atitude e um comportamento do docente que se coloca como um facilitador, incentivador ou motivador da aprendizagem, que ativamente colabora para que o aprendiz chegue aos seus objetivos.

Confira alguns caminhos a seguir.

  1. Escuta ativa enquanto prevenção. ...
  2. Estimule o diálogo e empatia. ...
  3. Professor como mediador. ...
  4. Os alunos que resolvem. ...
  5. Reflexão além do 'pedir desculpa' ...
  6. Pesquisas e relatórios. ...
  7. Combinados de convivência. ...
  8. Envolver toda a escola.

Mediação é um método extrajudicial, não adversarial, de solução de conflitos através do diálogo. É um processo autocompositivo, isto é, as partes, com o auxílio do mediador, superam o conflito sem a necessidade de uma decisão externa, proferida por outrem que não as próprias partes envolvidas na controvérsia.