Quanto tempo a Receita Federal leva para processar uma declaração 2022?

Perguntado por: afelix . Última atualização: 16 de janeiro de 2023
4.5 / 5 15 votos

Quanto tempo demora para processar a declaração de Imposto de Renda? A Receita Federal leva, em média, 3 meses para processar a Declaração de Imposto de Renda e costuma pagar a restituição no mesmo ano.

Foram contemplados ainda 367.062 contribuintes não prioritários. Este ano, a restituição do Imposto de Renda foi paga em cinco lotes (veja calendário abaixo) em 31 de maio, 30 de junho, 29 de julho, em 31 de agosto e em 30 de setembro.

“”Em regra, após três ou quatro meses já costuma constar algo (após a declaração), mas o fisco tem até cinco anos para averiguar e realizar lançamento residual”, ressalta Ferreira Júnior. A verificação é feita por meio do site da Receita Federal. Basta acessar o Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (E-Cac).

A Receita Federal abriu nesta segunda-feira (24) a consulta ao lote da malha fina do Imposto de Renda 2022 pelo aplicativo e pelo site oficial do órgão. O dinheiro da restituição será pago no próximo dia 31 para 471.447 contribuintes.

Tempo previsto de 24 dias.

Para consultar a situação da declaração, o contribuinte precisa estar cadastrado no portal do e-CAC, o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte. Também é preciso gerar um código de acesso para você, que pode ser criado nesta página da Receita.

Processada: declaração recebida e processada. Com pendências: foram encontradas pendências no processamento e espera-se que o contribuinte retifique o documento. Em análise: a declaração foi entregue, mas continua em análise. Retificada: o envio original foi substituído por uma declaração retificadora.

Neste caso, ligue para a Central de Atendimento BB 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos) ou entre em contato com qualquer agência do Banco do Brasil S.A. para solicitar/reagendar o crédito.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet e clicar em Consultar a Restituição.

A ordem de pagamento das restituições obedece à ordem de processamento das declarações. Então, quanto mais rápido você apresentar a sua declaração, mais rápido recebe o dinheiro de volta. Aqueles que saíram na frente e não deixaram para a última hora terão prioridade na lista de pagamento do Leão.

Pode demorar um mês após o fim do prazo do envio, ou até 5 anos, que é o prazo limite.

Saiba o que acontece depois da entrega da declaração do imposto de renda. Antes da liberação das restituições do imposto de renda, as declarações passam por uma série de verificações promovidas pela Receita Federal, que visam a identificar eventuais inconsistências ou erros de preenchimento.

Quanto posso passar na máquina de cartão no CPF por ano? Para pessoas físicas, o valor não pode ser superior a R$28.559,70, ou aproximadamente R$2.380,00 por mês.

Se você caiu na malha fina significa que a Receita Federal encontrou informações divergentes na sua declaração do Imposto de Renda. Nesse caso, será necessário verificar sua declaração e corrigir essas informações ou incluir a documentação que comprova a veracidade do que você declarou.

A Secretaria da Receita Federal se comunica de forma oficial com o contribuinte de duas maneiras: por carta (enviada para o endereço declarado na última declaração do imposto de renda) ou através do portal E-Cac.

A Receita Federal informou que 1.032.279 contribuintes caíram na malha fina na temporada de Imposto de Renda 2022. O número representa cerca de 2,7% do total de 38,18 milhões declarações de pessoas físicas recebidas pelo Fisco, considerando o período entre março e setembro deste ano.

De acordo com a Receita Federal, a mensagem indica apenas que a mensagem foi recepcionada pelo órgão fiscal, não significa necessariamente que o contribuinte caiu na malha fina.

Em processamento: indica que a declaração foi recebida, mas o processamento ainda não foi concluído. O que significa declaração processada: ela foi recebida e teve seu processamento concluído.

Veja as datas: 1º lote: 31 de maio (já pago) 2º lote: 30 de junho (já pago) 3º lote: 29 de julho (já pago)

"Não existe um prazo certo. Depende da análise de cada caso, que é feita de forma manual e leva tempo", afirmou Rocha. Mas o especialista em Direito Tributário, Raul Haidar, garantiu que existe um prazo máximo para a Receita analisar as restituições, que é de cinco anos.