Quem pode ter filho O negativo?

Perguntado por: umota . Última atualização: 31 de janeiro de 2023
4.2 / 5 4 votos

Um pai e uma mãe de tipo sanguíneo "A positivo" PODEM ter filhos tipo "O negativo". Cada pessoa carrega dois genes que definem o ABO e o Rh, um deles veio do pai e outro da mãe.

Sim. Pais com Rh positivo podem ter filhos/as Rh negativo. Pais com Fator Rh positivo possuem de 0 a 25% de chance de terem filhos/as Rh negativo. Isso se deve ao fato do Fator Rh ser um antígeno que é transmitido durante a concepção.

Rh positivo é muito mais comum do que Rh negativo, embora haja alguma variação entre diferentes populações. O sangue tipo O negativo não possui nenhum dos antígenos mencionados aqui, portanto, não desencadeará uma resposta imune em quem for administrado e é considerado um tipo de sangue universal.

Já uma pesquisa realizada por dentistas italianos mostrou uma maior incidência de pessoas com tipo sanguíneo O entre as que vivem mais de 75 anos. Já pessoas do Tipo B tendem a ser um pouco mais saudáveis do que pessoas de outros tipos sanguíneos.

Em um levantamento feito em 2010, apenas 43 pessoas tinham sido diagnosticadas com o tipo sanguíneo mais raro do mundo, o Rh Nulo. Inclusive, alguns desses indivíduos são brasileiros.

Tipo A: são profissionais sensíveis, inteligentes e espertos que gostam do estilo de vida urbano e intenso.

Por exemplo, as mulheres com o tipo sanguíneo AB, A, B ou O negativos devem redobrar a atenção na hora de ser mãe. Assim sendo, caso o parceiro tenha o fator RH positivo e transmita essa característica para o feto, é possível que o corpo da mulher crie uma rejeição ao próprio filho.

Para ser negativo, é preciso que os DOIS sejam "silenciosos". Assim, uma pessoa Rh + com genes "Positivo + Silencioso" que se casa com outra Rh+ com genes "Positivo + silencioso" pode ter um filho em que se juntem os dois "silencioso"s, e aí essa criança será Rh negativa.

Os bebês recebem cópias desses genes tanto do pai quanto da mãe. Normalmente, se o pai é branco e a mãe é negra, os efeitos se misturam: é por isso que o filho de um negro (com genes para pele escura) com uma branca (com genes para pele clara) tende a ser mulato, ou seja, ter cor de pele intermediária.

O filho herda o sangue do pai ou da mãe? O tipo de sangue é determinado na concepção, pela combinação genética entre o sangue da mãe e do pai, a criança herda sempre uma parte de cada um deles.

Uma mulher Rh negativo pode ter filhos sem qualquer problema. Basta que o bebê seja submetido a alguns exames depois que nasce e que a mulher tome uma espécie de vacina, se for necessário. O Rh é um "fator" que existe no sangue. A mulher Rh negativo não tem esse fator.

Quando o resultado é negativo, em geral, não há problema. Em caso positivo é necessário realizar mais exames, como ultrassom com Doppler, para acompanhar os possíveis efeitos sobre o bebê. Atualmente, dá para conhecer o Rh do feto, por meio de uma análise do sangue materno, a partir de dez semanas de gravidez.

É possível o pai e a mãe terem sangue O+ e o filho A+?
Pais do grupo O não tem a capacidade genética para a formação de antígeno A, portanto, não podem passar esta característica aos seus descendentes.

Componentes do Sangue
O sangue O Negativo é conhecido como universal, pode ser transfundido em qualquer pessoa. Mas apenas 9% dos brasileiros possuem esse tipo de sanguíneo. É muito utilizado pelos hospitais pois é o sangue que salva em situações de emergência. O tipo O positivo é o sangue mais utilizado no Brasil.

O RH nulo, também chamado de sangue dourado, é o tipo sanguíneo mais raro do mundo. Para entender do que se trata é preciso analisar a classificação dos grupos sanguíneos. Os glóbulos vermelhos que formam o sangue estão cobertos de proteínas chamadas de antígenos.

Esse fator é muito utilizado para classificar os tipos sanguíneos: quando a proteína está presente nas hemácias indica que o sangue é Rh positivo (Rh+), já quando não existe essa proteína, indica que o sangue da pessoa é Rh negativo (Rh-).

Entre as quase 8 bilhões de pessoas que vivem no planeta, o sangue mais comum é o O+, que corre nas veias de 39% da população mundial. E no posto de mais raro está o AB-, que é o tipo de 0,40% da população. Mas como funciona essa estatística?