Como Funciona o Bolsa óculos?

Perguntado por: achaves . Última atualização: 30 de janeiro de 2023
4.5 / 5 19 votos

Famílias de baixa renda, beneficiários do Programa Bolsa Família e desempregados poderão comprar óculos de grau por preço abaixo do praticado no mercado. O programa nacional Ótica Cidadã vai oferecer óculos por R$ 60 para quem comprovar rendimento mensal de até R$ 1.200.

Pessoas com famílias de renda de até 2 salários minimos mensais e usuários do Sistema Único de Saúde poderão ter acesso a armação e lentes de óculos de forma gratuita e todo custo financiado pelo governo federal, atingindo dessa forma todos os Estados brasileiros.

Pensando em oferecer a melhor qualidade de vida para as pessoas de baixa renda, o projeto Bolsa Óculos foi desenvolvido para a população Brasileira que precisa de óculos. O projeto busca ajudar pessoas sem condições financeiras para adquirir os seus óculos, com isso vamos distribuir mais de 100.000 armações gratuitas.

Esse atendimento pode ser realizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para marcar a consulta, é necessário que o paciente acesse primeiro uma unidade básica de saúde (UBS), posto de saúde ou entre em contato com a equipe de saúde de família que atende seu bairro.

Segundo matéria de economia do portal UOL, o preço médio de um óculos de grau em ótica popular fica em torno de R$ 238,00. No entanto existem acessórios óticos de mais de R$ 1.000,00. Colocando a média do preço de óculos de grau no Brasil, em torno de R$ 600,00.

A miopia por si só não garate benefícios no INSS, deve ser avaliado junto ao seu oftalmologista o nivel de comprometimento da visão para então procurar assistencia, caso a lei permita.

O exame é feito por meio de equipamentos como o oftalmoscópio. Ele avalia as condições do fundo do olho por meio de uma lente especial, que aumenta a imagem várias vezes. Para ser mais preciso na avaliação, é necessário dilatar a pupila.

Para ter acesso aos óculos, pais ou responsáveis devem procurar a unidade de saúde de referência, conforme o endereço de moradia, solicitando avaliação oftalmológica. Além disso, a triagem é feita pelas unidades de saúde em alunos de escolas públicas municipais e estaduais de Porto Alegre pactuadas no PSE.

Tanto pelo SUS quanto pela saúde privada, é essencial que o paciente tenha a indicação médica para conseguir realizar a cirurgia refrativa. Sendo assim, o primeiro passo da pessoa interessada pelo procedimento é agendar uma consulta com um médico oftalmologista.

Cirurgia de miopia no SUS
Para fazer isso, é fundamental que você marque uma consulta com o oftalmologista da rede pública de saúde e fale sobre a possibilidade de realizar a cirurgia de miopia. A aprovação do procedimento pelo SUS vai depender do grau da miopia do paciente e da indicação médica.

Para fazer cirurgia pelo SUS, o paciente não precisa se preocupar com nada disso. O sistema é financiado com dinheiro de impostos e todos podem utilizá-lo. Mas é necessário fazer um cadastro e entrar em uma fila de espera que, dependendo do procedimento, pode demorar anos.

Os óculos fundo de garrafa são modelos utilizados por pessoas portadoras de um alto grau de miopia ou hipermetropia, são mais robustos e criam um efeito que costuma deixar os olhos grandes por trás das lentes. Por isso, muitas vezes, pessoas que usam esse tipo de óculos sofrem bullying.

O que determina se a armação é maior ou menor é o tamanho do aro. Nesse sentido, para quem possui mais de 4 graus de miopia ou hipermetropia, armações acima de 50 mm são consideradas grandes e podem ampliar o efeito de óculos fundo de garrafa.

A expressão “fundo de garrafa” foi criada para apelidar óculos usados por pessoas com alto grau de miopia. Isso porque suas lentes são bem grossas, semelhantes ao fundo de uma garrafa.

Mesmo sendo proibida a venda, sabemos que óculos de grau continuam sendo comercializados sem receita e que podem ser encontrados facilmente em farmácias, lojas de conveniência, camelôs e até mesmo em supermercados.

De fato, a receita de óculos de grau tem validade. Ela dura, em média, de seis meses a um ano, a contar do dia da consulta com o oftalmologista. Depois disso, é fundamental retornar ao médico para refazer os exames, que vão indicar se a troca das lentes é necessária.

Receita para óculos de grau tem validade? Normalmente, uma receita tem um prazo de cerca de 6 meses a 1 ano, variando conforme fatores como doenças crônicas e a idade.

Quem tem o rosto no formato quadrado deve apostar em óculos redondos ou ovais, os menos angulares possíveis. Já quem tem rosto redondo fica bem com armações retangulares e quadradas. O rosto oval é o mais fácil de combinar: valem tanto os formatos arredondados quanto os retangulares.