Qual a melhor alimentação para quem tem glaucoma?

Perguntado por: dramos . Última atualização: 30 de janeiro de 2023
4.7 / 5 10 votos

Um estudo publicado em 2019 na JAMA Ophtalmology, por exemplo, indica que uma dieta mais balanceada — incluindo vegetais de folhas verdes, alimentos ricos em ômega-3 e ômega-6 e consumo moderado de chás quentes —, são medidas que podem ser protetivas na alimentação para portadores de glaucoma.

Os resultados do estudo publicados na edição impressa de junho da Ophthalmology podem sugerir que os pacientes com um forte histórico familiar de glaucoma devem reduzir a ingestão de cafeína.

Frutas vermelhas ou roxas: ricos em vitamina C. Esses nutrientes têm a função de antioxidantes e flavonoides. Ou seja, combatem os radicais livres e auxiliam na prevenção de perda de visão.
...
Exemplos de frutas amarelas ou verdes:

  • Laranjas;
  • Limões;
  • Maçã;
  • Tangerina;
  • Abacate;

3. Ovos. As gemas dos ovos são ricas em luteína e zeaxantina, nutrientes com forte poder antioxidante e que atuam prevenindo a degeneração macular, uma doença que pode levar à cegueira por preservar os pequenos vasos sanguíneos que irrigam os olhos.

Levantar muito peso e algumas posições onde a pessoa fique com a cabeça para baixo, como as praticadas no Yoga, contribuem para o aumento da pressão. Tocar instrumentos de sopro também não é recomendado para quem tem Glaucoma. A hipertensão e a diabetes são grandes vilãs do Glaucoma.

O tratamento mais usual é o uso de colírios que atuam na redução ou estabilização da pressão intraocular. Em alguns casos eles podem ser combinados com o uso de medicamentos de via oral.

Uma das maiores recomendações dos especialistas a pacientes com glaucoma é a prática regular de exercícios físicos. A prática de atividades aeróbicas, como caminhada, natação e corrida, ajuda muito na diminuição da pressão intraocular.

As maçãs ajudam a prevenir doenças oculares como degeneração macular, catarata e glaucoma. O alimento também torna os olhos mais fortes e melhora a visão, além de contribuir no tratamento da cegueira noturna.

Nao há contra indicações alimentares no glaucoma.

Dormir com a cabeça elevada pode reduzir a pressão intraocular durante a noite e diminuir o risco de problemas de visão relacionados ao glaucoma”, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion (CRM-SP 13.454), diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.

Suco de cenoura com laranja
Por ação da vitamina A, esse suco presenta uma excelente ação protetora para a visão, principalmente para a visão noturna. Rica em carotenoides, a combinação também faz bem para a saúde do coração.

O chá verde traz grandes benefícios à visão. Pesquisadores encontraram no chá verde substâncias saudáveis, como os flavonoides, que podem penetrar nos tecidos dos olhos, podendo prevenir até mesmo doenças como o glaucoma.

Comer formiga faz bem para a visão? A tradicional afirmação muito ouvida na infância é um MITO. Não existe nenhuma comprovação científica de que se alimentar de formigas traz algum benefício para os olhos.

O aumento da pressão está diretamente ligado ao líquido aquoso dos olhos. Esse líquido, feito de água e sais, é responsável por manter a temperatura interna da região. Posteriormente, ele é eliminado naturalmente entre a córnea e a íris.

Alho, cebola, manjericão e orégano
Agem também como dilatadores dos vasos sanguíneos, diminuindo a pressão arterial e prevenindo desta forma contra o glaucoma, uma vez que a pressão intraocular é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da doença.

Cebola e alho também contribuem para a saúde dos olhos
Além disso, ajuda a diminuir a pressão arterial, o que ajuda indiretamente o surgimento de doenças oculares como a glaucoma.

Outros estudos apontam que também pode reduzir a pressão intraocular em doentes com glaucoma. Coma à vontade: acerola, goiaba, mamão, pimentão, brocólis, couve de Bruxelas, morango, abacaxi, laranja, kixi, melão centaloupe, couve-flor, couve, framboesa, acelga, tomate, limão...