Qual é a célula que armazena proteínas e outras substâncias?

Perguntado por: ialbuquerque . Última atualização: 28 de janeiro de 2023
4.5 / 5 13 votos

Complexo golgiense: formado por pequenas bolsas achatadas. Produz certos "açúcares", modifica e armazena proteínas e outras substâncias.

O Retículo Endoplasmático é um conjunto de bolsas (vesículas) e canais (cisternas) interligadas. São responsáveis pelo armazenamento, transporte (circulação) e armazenamento de substâncias. Estão presentes em todas as células eucariontes.

b) O complexo golgiense armazena as proteínas a serem exportadas pelas células.

"PROTEÍNA NÃO PODE SER ARMAZENADA COMO GORDURA"
A proteína é um dos principais blocos de construção do corpo, mas quando ingerida em demasia, é enviada diretamente para as células de gordura.

Procariontes: bactérias e arqueobactérias; Eucariontes: protista, plantas, fungos e animais.
...
As células procariontes (ou as bactérias) possuem membrana celular que exerce o papel seletivo e também de:

  • delimitação celular;
  • parede celular;
  • cápsula bacteriana feita de polissacarídeos;
  • citoplasma.

A função do citoplasma é fornecer sustentação esquelética para a célula através da estrutura composta por filamentos e túbulos proteicos. Além disso, todo o conjunto de estruturas mergulhadas no citosol apresenta bastante dinamismo, fato que possibilita à célula realizar alguns movimentos.

O citoplasma é o espaço intracelular que, nas células eucariontes, representa a região entre a membrana plasmática e o envoltório nuclear. O citoplasma abriga o citoesqueleto, as organelas citoplasmáticas e algumas substâncias contidas ali de maneira, geralmente, temporária, como proteínas, lipídios e pigmentos.

Ribossomos são estruturas encontradas na célula responsáveis pela síntese de proteínas e que apresentam duas subunidades, uma maior e outra menor.

Essas organelas têm funções essenciais nas células humanas, como: a produção de energia (ATP) para as atividades do organismo, atuação na morte celular por apoptose, produção de calor e contribuição genética a partir do DNA mitocondrial.

Os ribossomos são as estruturas responsáveis pelo processo de síntese proteica. Eles estão presentes em células procarióticas e eucarióticas, sendo encontrados em maior quantidade em células nas quais há uma intensa síntese de proteínas.

Também conhecida como aparelho de Golgi ou complexo golgiense, é responsável por armazenar, transformar e exportar as substâncias produzidas no Retículo Endoplasmático Liso e Rugoso (REL e RER), estabelecendo dessa forma, uma relação de interdependência.

Em resumo, é possível dizer, então, que as células procariontes são mais simples que as eucariontes. Esse primeiro grupo não apresenta núcleo, organelas membranosas e citoesqueleto. Diferentemente, as eucariontes possuem todas essas estruturas.

Além da segregação de proteínas, o retículo endoplasmático rugoso participa de processos como produção de fosfolipídios, síntese de proteínas de membrana, glicosilação (adição de açúcares às proteínas) inicial das glicoproteínas e montagem de moléculas proteicas formadas por várias cadeias polipeptídicas.

Existem 2 tipos de retículo: o liso e o rugoso, ambos possuem formas e funções distintas. O rugoso possui ribossomos nas suas paredes externas e é responsável pela síntese de proteínas, enquanto o liso pela produção de lipídios.

O complexo golgiense é uma organela presente na célula eucarionte que está relacionada, entre outras funções, com o processamento, endereçamento e transporte de substâncias.

Os lisossomos participam do processo de digestão intracelular. Os lisossomos são organelas responsáveis pela digestão intracelular, promovendo a degradação de várias partículas extracelulares e moléculas ingeridas pelas células.

A diferença entre os dois é simples, o rugoso, em sua parede externa, possui ribossomos, que são pequenos organóides fabricantes de proteínas. O liso, não possui estes ribossomos (por isso ele chama liso).