Como é o Pai Nosso original?

Perguntado por: lmarinho7 . Última atualização: 18 de janeiro de 2023
4.7 / 5 9 votos

Pai nosso dos céus, santo é o teu nome, venha o teu reino, tua vontade se faz na terra como também nos céus. Dá-nos hoje nossa parte de pão. Perdoa-nos as nossas culpas, quando nós perdoamos as culpas de nossos devedores. Não nos deixes entregues à provação; porque assim nos resgatas do mal.

venha a nós o Teu reino; Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia nos dai hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores; E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal.

“Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome...” (Mt 6,9).

Ele começou dizendo: “Pai nosso, que estás no céu…” Jesus louvou o Pai Celestial e pediu-Lhe ajuda. No final da oração, disse “amém”. Depois, Jesus disse a Seus discípulos que orassem ao Pai em Seu nome. Ele prometeu que o Pai Celestial responderia a suas orações.

Mas o anel também carrega uma certeza histórica. Pela tradição católica, o primeiro papa foi o homem que tem sua imagem ali impressa: Pedro, um dos doze homens que foram escolhidos pelo próprio Jesus Cristo para acompanhá-lo e auxiliá-lo em suas andanças repletas de pregações e relatos de milagres.

Segundo os Evangelhos, o Pai Nosso foi ensinado pelo próprio Jesus a pedido de um de seus discípulos. Há duas versões: uma, mais curta, em Lucas (11, 2-4), e outra, mais longa, em Mateus (6, 9-13).

Pai Nosso que estais no céu, na Terra e em todos os mundos espirituais. Santificado e bendito seja sempre o Vosso Nome, mesmo quando a dor e a desilusão ferirem o nosso coração. O pão nosso de cada dia, dai-nos hoje Pai, dai-nos o pão que revigora as forças físicas, mas dai também o pão para o espírito.

Eles basearam-se muito para isso em algumas frases bíblicas, entre elas esta: “Eu e o Pai somos um” (João 10: 30). Ao dizer essa frase, Jesus não está anulando a sua identidade nem a de Deus. Cada um é cada um. A citada frase quer dizer que Jesus é um com o Pai em sintonia no modo de pensar e de ser dos dois.

Fale com o coração e compartilhe suas esperanças e desejos, bem como suas preocupações e problemas. Você pode pedir-Lhe ajuda, orientação, perdão ou cura. Confie a Ele tudo o que está em sua mente, reconhecendo que a sabedoria e o tempo Dele são maiores do que os seus. Você pode perguntar o que Ele quer que você faça.

Ave Maria. Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco; bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte. Amém.

E, quando orares, não sejas como os hipócritas; pois se comprazem em orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.

Então, quando oramos “venha o teu reino” estamos, na verdade, nos dispondo a estar numa relação mais próxima de Deus e moldar a nossa vida com atitudes e palavras que reflitam a presença dele entre nós, afinal o seu reino está entre nós.

Lembrando que dois de seus autores, Mateus e João, foram apóstolos de Jesus. Os outros dois, Marcos e Lucas, por sua vez, construíram a narrativa colhendo os testemunhos dos apóstolos", explica. Maerki vê diferenças estilísticas fundamentais nestes quatro textos.

Pai Nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome, vem a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, não nos deixei cair em tentação mas livrai-nos do mal. Amém.

De fato, a única oração que Jesus ensinou para nós foi o Pai Nosso e é esta oração que deverá produzir um profundo relacionamento nosso com Deus e com os irmãos”. O Evangelho é de São Mateus: “Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 'Quando orardes, não useis muitas palavras, como fazem os pagãos.

Padre Chrystian Shankar

  • Santificado seja o vosso Nome. ...
  • Venha a nós o vosso Reino. ...
  • Seja feita a vossa Vontade. ...
  • O pão nosso de cada dia nos dai hoje. ...
  • Perdoai-nos as nossas ofensas. ...
  • Não nos deixeis cair em tentação. ...
  • Mas livrai-nos do mal.

Jesus ensinou a oração do Pai Nosso e a deixou como um modelo particularmente para os discípulos e em geral para todos nós. É curioso, porém, que não vemos na Bíblia em nenhuma ocasião os discípulos ou apóstolos recitando ou ensinando esta oração.

Quem criou a oração do Credo (palavra em latim) foi o papado de Papa Paulo VI, em 1967, durante as celebrações do Ano da Fé. Há duas versões para a oração, mas a principal é a segunda versão, porque é mais fácil e com frases a menos. Ela é feita durante a Santa Missa e, apesar de ser menor, não perde seu valor e poder.

Quando nasce um bebê, nasce também um pai
No puerpério, alguns homens podem sentir certa dificuldade para se conectar efetivamente com o bebê. Por isso, é muito importante que os pais se envolvam com o bebê e seus cuidados, exercendo seu papel de pai.

Pense nisto: Uma parte importante da oração é pedir e oferecer perdão. Devemos ser humildes para reconhecer nossos erros e pedir perdão a Deus. Mas também devemos perdoar quem pecou contra nós. Quando entendemos que Deus nos perdoa quando não merecemos, devemos fazer o mesmo com outras pessoas que não merecem.